Live com lideranças indígenas arrecada mais de R$ 37 mil para ajudar famílias durante pandemia

Dinheiro vai ser usado para ajudar 1,8 mil famílias indígenas e não indígenas do interior do Acre.

Líderes indígenas do povo Ashaninka participaram de uma live nesta quinta para buscar ajuda para as famílias indígenas e não indígenas afetadas pela Covid-19 Divulgação Mais de R$ 37 mil já foram arrecadados para ajudar famílias indígenas e não indígenas durante a quarentena do novo coronavírus.

As doações iniciaram em uma live realizada nesta quinta-feira (2), com líderes indígenas do povo Ashaninka da Terra Indígena Kampa do Rio Amônia, em Marechal Thaumaturgo, interior do Acre. As doações ainda podem ser feitas pelo site dos Ashaninkas.

O objetivo é arrecadar R$ 1 milhão para ajudar 1,8 mil famílias.

O projeto recebeu “Ashaninka Pelos Povos da Floresta” vai comprar kits de suporte para as famílias. A live foi organizada pela Associação Apiwtxa e Instituto Yorenka Tasorentsi e mediada pelo ator Marcos Palmeiras.

Através da ação serão distribuídos kits de cesta básica, mas também equipamentos e produtos como ferramentas de plantio e materiais de pesca para que os moradores da floresta fortaleçam a produção local. O objetivo é que eles possam manter uma vida sustentável.

Além disso, o projeto quer evitar exposição das famílias ao vírus em viagens à cidade de Marechal Thaumaturgo para efetuar possíveis compras. Participaram do encontro on-line os líderes indígenas e irmãos Francisco, Moisés, Benki e Wewito Piyãko.

"A gente sente que esse momento marca.

Estamos tentando expressar o que está na alma.

Esse encontro faz parte da nossa missão, temos uma responsabilidade diante de tudo que o mundo está enfrentando e estamos nos colocando com mais um para ajudar", disse Francisco Piyãko.

Categoria:Acre