Confira a programação do rodízio de água em Curitiba e região até quarta-feira (3)

Orientação é para que moradores façam uso racional da água, priorizando higiene e alimentação; normalização do abastecimento em algumas localidades será na sexta-feira (5).

Orientação é para que moradores façam uso racional da água, priorizando higiene e alimentação Jeferson Carlos/G1 A programação do rodízio de água em Curitiba e na Região Metropolitana até quarta-feira (3) foi divulgada nesta sexta-feira (29) pela Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar).

A retomada em algumas localidades está prevista para sexta-feira (5). CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DO RODÍZIO. Desde 18 de maio, a área do rodízio foi ampliada, segundo a companhia.

Também houve antecipação do horário inicial do rodízio, para 16h, com a escala de encerramento prevista para 16h do dia seguinte e um período de até 12 horas para normalização.

Rodízio no abastecimento de água deve durar até setembro Conforme a companhia, o horário de término do rodízio não representa o retorno imediato da água.

O abastecimento é retomado, gradativamente, após a reabertura, para evitar alta pressão e rompimento de rede. CORONAVÍRUS NO PARANÁ: veja as principais notícias DÚVIDAS: perguntas e respostas sobre o assunto BEM AQUI: RPC tem plataforma onde você encontra os estabelecimentos e serviços que estejam atendendo Sistema de rodízio de água em Curitiba e Região deve ser mantido até setembro, de acordo com a Sanepar Leonardo Morrone/RPC Crise hídrica As mudanças ocorrem, conforme a companhia, por causa do agravamento da crise hídrica no estado, com a frustração da expectativa de chuvas, e também em cumprimento ao decreto que instituiu a situação de emergência hídrica no Paraná por 180 dias. De acordo com a Sanepar, a situação dos níveis de água é analisada diariamente pela equipe técnica para definir as ações que possam reduzir as consequências da seca. A orientação é para que os moradores façam uso racional da água, priorizando hábitos de higiene, principalmente para a prevenção ao novo coronavírus, e alimentação.

Sanepar orienta que atividades como lavar carros e calçadas devem ser evitadas Reprodução/TV TEM Dicas de consumo Nesse período de estiagem, a Sanepar orienta que atividades como lavar carros e calçadas devem ser evitadas.

Outras dicas são: Reduza a lavagem diária de roupa.

Acumule e use a capacidade máxima da máquina de lavar. A água do último enxágue do tanque ou da máquina pode servir para regar jardim e grama, ensaboar tapetes, tênis e outras peças. A água do tanque ou da máquina em que foi lavada a roupa serve para lavar calçadas e pisos.

Lembre-se: lavar as calçadas com a mangueira é desperdiçar água tratada.

Para “varrer” a sujeira, use a vassoura. Feche a cuba da pia, deixando um pouco de água.

Ensaboe toda a louça e enxágue com água limpa.

Não deixe a torneira aberta durante todo o tempo. Cinco minutos de chuveiro consomem 70 litros de água.

Reduzir o tempo do banho faz muita diferença na conta. Reduza o tempo da torneira aberta enquanto escova os dentes, ensaboa as mãos ou faz a barba.

Torneira aberta manda para o ralo 20 litros de água por minuto.

Prefira vasos sanitários menores, que utilizam menos água para a descarga. Segundo a Sanepar, residências que têm caixa-d’água de pelo menos 500 litros conseguem ficar abastecidas durante o período de 24 h. Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

Categoria:Paraná