Alteração na água chama atenção e preocupa frequentadores na Lagoa dos Barros

Autoridades competentes dos municípios de Osório e Santo Antônio da Patrulha, estão investigando alterações apresentadas nas águas da lagoa dos Barros nos últimos dias.

Conforme a diretora do departamento, a bióloga, Jordana Borba, “os resultados ainda não são conclusivos, mas buscamos contato com pesquisadores da área para identificar a espécie causadora da floração”.

Na tarde desta segunda-feira (09/03) técnicos do DMA estiveram com a Doutora Vera Werner, servidora/pesquisadora do Museu de Ciências Naturais da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Infraestrutura, que identificou a espécie de cianobactéria que está em floração na Lagoa dos Barros: Dolichospermum planctonicum.

Segundo a pesquisadora, esta espécie pode produzir toxinas. “O que estamos tentando descobrir, é se cianobactéria está de fato produzindo toxinas”, informou.

Mas, deixou o alerta não recomendando as pessoas a tomarem banho. Ou seja, contato direto ou indireto com a água da Lagoa nesse momento. Salientou ainda que houve a proliferação pela disponibilidade de fósforo e nitrogênio na água, estiagem e temperatura.

Jordana diz que ainda não foram entregues os resultados das análises físico-quimica, o que deve chegar até sexta-feira, quando poderá se ter uma resposta completa sobre o que está acontecendo na Lagoa dos Barros.

Em Osório, durante entrevista radiofônica, o Secretário Municipal Edilson Nunes, afirmou que já foram feitas coletas e até o momento não saiu o resultado, mas há uma suspeita de crime ambiental.

Caminhões limpa-fossa podem ter despejados efluentes de banheiros químicos diretamente na lagoa.

Fonte: Litoralmania


Categoria:NOTICIAS LOCAIS - CAPÃO DA CANOA, XANGRI LA E REGIÃO LITORÂNEA